terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Já Conhecem o Bruno Aleixo?

Divirtam-se a procurar os outros episódios no You Tube...

Do melhor sentido de humor escolar...

O Tempo é Castanho


É tempo de Inverno
É tempo de Inverno terno,
É tempo de Inverno , solidão e calma...
Mas é castanho
E não anima a alma...
E deixa de haver tempo
Porque o tempo passa,
E não damos conta
Do que falta fazer até de novo florescer.

segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Coisas Boas

Coisas boas que se fazem por estes tempos castanhos de Inverno:
- Estar em casa à lareira, no "choco";
- Comer (muitos) chocolates;
- Fazer doces de Natal (e comê-los);

- Tomar café com as amigas, (sem pressas);
- Jantar com amigos;
- Ir aos saldos e comprar tudo (qual recessão...);
- Estar com os primos que já não vemos há muito LOL;
- Ver muitas séries mas especialmente Boston Legal, a melhor série do momento....!!!


Este post é dedicado aos muito "fans" desta série, aqueles que não perdem o sentido de humor, aqueles que sabem que rir não deixa envelhecer nem faz rugas, aqueles que continuam a dizer piadas mesmo que sejam "bocas da idade"...
Bjs para eles.

quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

UM DIA DE NATAL FELIZ

A todos os que costumam passar por aqui:
Provem uma rabanada Negritodas minhas,

Comam uma fatia de Bolo Rei,


Tirem uma prenda debaixo da árvore


Tenham um Feliz Natal.

domingo, 21 de dezembro de 2008

Chegou o Inverno

Velho, velho, velho
chegou o Inverno.

Vem de sobretudo,
vem de cachecol,
o chão por onde passa
parece um lençol.
....
Eugénio de Andrade

Só gosto dele porque a seguir sei que vem a Primavera!

Domingo 22 e 49

Finalmente... fichas feitas...
Amanhã inseri-las no Programa, fazer mais umas quantas coisas na escola e depois, poder ir comprar os presentes de Natal.
É QUE AINDA NEM UM....
FELIZ NATAL

sábado, 20 de dezembro de 2008

E Pela Noite Dentro


E agora, pela noite dentro, sabem o que me espera?

Uma maratona de Fichas de Informação Trimestrais, para estarem prontas a inserir na segunda-feira, no bendito programa que agora inventaram... e que era óptimo se pudessemos fazer logo no nosso portátil... Mas não, temos de ir para os "tractores" que são os computadores da escola, fazer control C e control V..

Feliz Natal

Ceia de Natal




















Mais um ano em que os "nossos CEFs" nos apresentaram uma ceia divinal.


Registei!


Fiquem com as imagens.


Feliz Natal.

Obrigada


Eu sei que eles sabem que eu sei, que eles sabem, que não há Coordenadora melhor do que a deles...

LOL

Fiquei mal!

Obrigada...

Feliz Natal

Presépios



E pronto, ficaram enfim prontos e ontem, no final de mais duas reuniões, brindei todos os meus colegas da escola ( são vinte e tal.....) com este mimo que tinha andado a fazer para eles.
Porque para mim, a única coisa que me dá mesmo gozo no Natal é poder dar, dar, dar...
E gosto de ver as pessoas a receber e a saber que eu pensei neles quando foi tempo de dar.
Queria poder dar muito mais... mas só àqueles de quem eu gosto.
Pois, isto já não é muito bonito da minha parte. Mas é sincero.
Feliz Natal

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Transformou-se Nisto

E agora, transformei o meu trabalho de ontem nestas caixinhas surpresa.
O que está lá dentro?
Feliz Natal!

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

O Que Parece?


Tão giros... Fui eu que fiz..

Quem adivinha para que vão ser?

Feliz Natal!

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Sabem Porque Tenho Andado Desaparecida?

Sabem, sabem?
Porque entre preparar aulas, dar aulas, corrigir e cotar fichas, elaborar trabalhos de Natal para a Exposição... etc, não tenho nem tempo para me coçar.
Voltarei em breve.

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Último Post


Não volto a falar sobre:
- MLR
- ME
- ADD
- CCAD
- OI
- PAA e PEE
- PCEs
- DGRHE
- OI
- PS
- ...
Assim sendo, e para que conste e vejam como isto é de loucos, aqui fica um RESUMO daquilo que esperam que seja a ADD...
e digo mais, não volto a falar "nem que Deus Nosso Senhor Jesus Cristo volte à terra"...

MODELO DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DE PROFESSORES AVALIADORES
Presidente do Conselho Executivo
Avalia:- Assiduidade- Grau de cumprimento do serviço distribuído- Progresso dos resultados escolares dos alunos e redução das taxas de abandono tendo em conta o contexto sócio-educativo- Participação nas actividades da escola- Acções de formação realizadas- Exercício de outros cargos de natureza pedagógica- Dinamização de projectos de investigação- Apreciação dos encarregados de educação, desde que haja concordância do docente e nos termos a definir no regulamento da escola
Coordenador do Departamento Curricular:
Avalia a qualidade científico-pedagógica do docente com base nos seguintes parâmetros- Preparação e organização das actividades lectivas- Realização das actividades lectivas- Relação Pedagógica com os alunos- Processo de avaliação das aprendizagens dos alunos

FASES DA AVALIAÇÃO
1.ª fase
Objectivos e indicadores- O Conselho Pedagógico da escola define os seus objectivos quanto ao progresso dos resultados escolares e redução das taxas de abandono, que são elementos de referência para a avaliação dos docentes.- O Conselho Pedagógico da escola elabora os instrumentos de registo de informação e indicadores de medida que considere relevantes para a avaliação de desempenho.
2.ª fase
Objectivos individuais- No início de cada ciclo de avaliação de dois anos, o professor avaliado fixa os seus objectivos individuais, por acordo com os avaliadores, tendo por referência os seguintes itens:- Melhoria dos resultados escolares dos alunos- Redução do abandono escolar- Prestação de apoio à aprendizagem dos alunos incluindo aqueles com dificuldade de aprendizagem- Participação nas estruturas de orientação educativa e dos órgãos de gestão da escola- Relação com a comunidade;- Formação contínua adequada ao cumprimento de um plano individual de desenvolvimento profissional do docente.- Participação e dinamização de projectos
Nota: Na falta de acordo quanto aos objectivos prevalece a posição dos avaliadores
3.ª fase
Aulas observadas- O coordenador de departamento curricular observa, pelo menos, três aulas do docente avaliado em cada ano escolar. - O avaliado tem de entregar um plano de cada aula e um portefólio ou dossiê com as actividades desenvolvidas
4.ª fase
Auto-avaliação- O professor avaliado preenche uma ficha de auto-avaliação, onde explicita o seu contributo para o cumprimento dos objectivos individuais fixados, em particular os relativos à melhoria das notas dos alunos- Os professores têm de responder nas fichas de auto-avaliação a 13 questões (pré-escolar) e 14 questões (restantes ciclos de ensino)
5.ª fase
Fichas de Avaliação- O presidente do conselho executivo e o coordenador do departamento curricular preenchem fichas próprias definidas pelo Ministério da Educação, nas quais são ponderados os parâmetros classificativos. - Os avaliadores têm de preencher uma ficha com 20 itens cada, por cada professor avaliado - O coordenador do departamento curricular preenche uma ficha com 20 itens, por cada professor avaliado- O presidente do conselho executivo tem de preencher uma ficha com 20 itens, por cada professor avaliado- As pontuações de cada ficha são expressas numa escala de 1 a 10.
6.ª fase
Aplicação das quotas máximas- Em cada escola há uma comissão de coordenação da avaliação de desempenho formada pelo presidente do Conselho Pedagógico e quatro professores titulares do mesmo órgão, ao qual cabe validar as propostas de avaliação de Excelente e Muito Bom, aplicando as quotas máximas disponíveis.
7.ª fase
Entrevista individual- Os avaliadores dão conhecimento ao avaliado da sua proposta de avaliação, a qual é apreciada de forma conjunta.
8.ª fase
Reunião Conjunta dos Avaliadores- Os avaliadores reúnem-se para atribuição da avaliação final após análise conjunta dos factores considerados para a avaliação e auto-avaliação. Seguidamente é dado conhecimento ao avaliado da sua avaliação.

SISTEMA DE CLASSIFICAÇÃO- Excelente, de 9 a 10 valores- Muito Bom, de 8 a 8,9- Bom, de 6,5 a 7,9- Regular, de 5 a 6,4- Insuficiente, de 1 a 4,9

EFEITOS DAS CLASSIFICAÇÕES- Excelente durante dois períodos seguidos de avaliação reduz em quatro anos tempo de serviço para ser professor titular- Excelente e Muito bom reduz em três anos tempo de serviço para ser professor titular- Dois Muito bom reduz em dois anos tempo de serviço para ser professor titular- Bom não altera a normal progressão na carreira- Regular ou Insuficiente implica a não contagem do período para progressão na carreira- Dois Insuficiente seguidos ou três intercalados implica afastamento da docência e reclassificação profissional.

(in Jornal 24 horas, acessível a todos os portugueses)

sábado, 6 de dezembro de 2008

Obrigada ao Professor do Ano que Fez este Mail


Professor do ano foi aquele que, com depressão profunda, persistiu em ensinar o melhor que sabia e conseguia os seus 80 alunos.

Professor do ano foi aquela que tinha cancro e deu as suas aulas até morrer.

Professor do ano foi aquela que leccionou a 200 km de casa e só viu os filhos e o marido de 15 em 15 dias.

Professor do ano foi aquela que abandonou o marido e foi com a menina de 3 anos para um quarto alugado. Como tinha aulas à noite, a menina esperava dormindo nos sofás da sala dos professores.

Professor do ano foi aquele que comprou o material do seu bolso porque as crianças não podiam e a escola não dava.

Professor do ano foi aquele que, em cima de todo o seu trabalho, preparou acções de formação e se expôs partilhando o seu saber e os seus materiais.

Professor do ano foi aquela que teve 5 turmas e 3 níveis diferentes.

Professor do ano foi aquele que pagou para trabalhar só para que lhe contassem mais uns dias de serviço.

Professor do ano foi aquele que fez mestrado suportando todos os custos e sacrificando todos os fins-de-semana com a família.

Professor do ano foi aquele que foi agredido e voltou no dia seguinte com a mesma esperança.

Professor do ano foi aquele que sacrificou os intervalos e as horas de refeição para tirar mais umas dúvidas.

Professor do ano foi aquele que organizou uma visita de estudo mesmo sabendo que Jorge Pedreira considerava que ele estava a faltar.

Professor do ano foi aquele que encontrou forças para motivar os alunos depois de ser indignamente tratado pelos seus superiores do ME.

Professor do ano foi aquele que se manifestou ao sábado sacrificando um direito para preservar os seus alunos.

Professor do ano foi aquele presidente de executivo que viveu o ano entre o dever absurdo, a pressão e a escola a que quer bem, os colegas que estima.

Professor do ano... tanto professor do ano.

Professores do ano, todo o ano, fomos todos nós, professores, que o continuamos a ser mesmo após uma divisão absurda.

Professor do ano... tanto professor do ano em cada escola, tanto milagre em cada aluno.

Somos mais que professores do ano. Somos professores sempre!

Tanta Coisa Para Dizer… mas o Tempo é Curto


- Dizer que ontem, dia 5 de Dezembro, fui com secura e insensibilidade chamada à atenção “porque os Coordenadores de escola não podem fazer greve deixando as escolas ao abandono”, sob pena das associações de pais ou lá quem mais, se tinha mandado ao ar;
- Dizer com seriedade e decoro que o direito à greve ainda é dos únicos direitos que não nos retiraram;
- Dizer que, foi com sabedoria e ponderação que a Plataforma Sindical decidiu comunicar ontem, dia 5 de Dezembro, por volta das 19h e 45m a suspensão das greves regionais pois iriam voltar a negociar como ME;
- Dizer que, foi com indignação e repulsa que vi a minha caixa de correio vandalizada por mais um Spam da DGRHE.MEducacao, no mesmo dia às 21h e 50m, a dirigir-se-nos com mais umas patacoadas que intitulam de “esclarecimento e informação complementar” e onde começam por referir que “Chegou hoje ao fim o processo de negociação das medidas tomadas pelo Governo no dia 20 de Novembro para facilitar a avaliação do desempenho dos professores… sem que os sindicatos tenham apresentado…;
- Dizer que, com fadiga e expectativa, fui na sexta-feira, dia 5 de Dezembro, pelas 21horas (a convite de educadoras que ainda acreditam na educação e investem na formação e colaboração entre a escola e família) fazer uma Comunicação sobre o Tema “A importância da Alimentação no Desenvolvimento da LINGUAGEM”. Estava escuro, frio e era fim-de-semana mas a sala estava cheia e valeu a pena;
- Dizer com tristeza e saudade que ontem, dia 5 de Dezembro, há muitos anos atrás, o meu pai morreu jovem e eu nem tive tempo de o conhecer….

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Filho de Valter, o Lemos, toca bateria ...

Este mail que por aí circula tem de ter honras de divulgação...

"Filho de Valter, o Lemos, toca bateria e já é mais poderoso do que a polícia de Castelo Branco!
Ora então mais uma bela historia deste nosso Portugal belo e profundo.
Na passada sexta feira desloquei-me à minha cidade natal, Castelo Branco, para assistir a uma série de 3 dias de concertos rock/metal, num bar chamado Rockafé, situado junto ao largo da Devesa.
Na sexta feira os concertos começaram tarde, cerca das 23 horas, houve queixa dos vizinhos, a policia apareceu e tudo teve de terminar antes do previsto.
sábado, os concertos começaram mais cedo, 21.30h, e acabaram antes da meia noite, como tal não houve queixas nem problemas com a policia.
Segunda feira, noite do heavy metal, os concertos começam por volta das 11 da noite, a segunda banda começa a actuar à meia noite e meia, e pimba aparece a policia. Mas havia uma carta na manga, presente na sala estava Valter, o Lemos :) esse mesmo, o lacaio rastejante do ministério da deseducação. Estava lá a ver o filho tocar bateria numa banda. Quando os agentes se preparavam para autuar, o gerente do bar disse-lhes que estava lá o Secretário de Estado, eles discretamente foram à sala confirmar, meteram o rabinho entre as pernas e já não houve multas, nem concerto
cancelado para ninguém. "

Agora Já Muda PARA O ANO????

Mas que é isto?

"Lisboa, 04 Dez (Lusa) - A ministra da Educação admitiu hoje no Parlamento estar disponível para alterar e até substituir o actual modelo de avaliação dos professores, mas apenas no próximo ano lectivo e desde que seja aplicado já este ano."

Que desnorte, com quem estão eles a tratarr?

A quem enganam ainda?

Então para o ano não serve e este serve?

quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Dia de Greve



Nunca a luta teve tanta força, nunca conseguimos ter um ministro que conseguisse tanta união entre uma classe!
Foi um dia em cheio, só o consegue negar os autistas que continuam teimosamente fora da realidade, surdos cegos mas não mudos, porque continuam a dizer todas as mentiras que conseguem imaginar.
Voltamos amanhã à escola com alguma (pouca) esperança, de que ainda uma possível negociação se inicie, ou que o cartoon se confirme...
Apesar de tudo, nota negativa para dois adesivos da minha mega escola, que teimaram em ir trabalhar. Por dinheiro dizem, veremos quanto ainda perderão no futuro.

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Três Dias

Click to Mix and Solve
Três dias em que "me dei ao frio"... Três dias em que estive, de lareira acesa, embrulhada na
manta a "curtir sofá" e a tentar não pensar em como as coisas estão mal. Acedendo como sempre aos meus blogs favoritos, sem deixar rasto, mas desconfortável ao verificar que talvez esteja tudo a ser em vão.


Hoje tive de voltar ao trabalho, planificar aulas e trabalhos para a semana que vem, programando uma aula assistida do Projecto de Matemática, elaborando fichas de trabalho. Só porque tem de ser. Porque longe vão os tempos em que o fazia por gosto.


Amanhã voltamos de novo à carga, mas pensando que o dia que se segue é o dia de luta. No entanto pronta para verificar os adesivos que vão surgir, os que fogem à nossa união, os que continuam de acordo ou com medo deste ditadura mascarada de democracia.


Entretanto, fui até às Vilas, vi muita neve e pensei que este tempo frio e branco nos poderia trazer a boa nova da esperança. Fico ainda com alguma expectativa...