sábado, 9 de janeiro de 2010

Confesso

Confesso que gostaria de estar dentro da trapalhada que assinaram ao fim de 14 horas sei lá de quê.
Confesso que me desinteressei desta treta toda, tão incrédula que fiquei nos últimos tempos.
Confesso que nem sei em que escalão estou agora ou o que me vai acontecer a seguir.
Confesso que continuo a achar que fomos todos "comidos de cebolada" e que nada do que ficou acordado beneficia a carreira e a vida nas escolas.
Confesso que cada dia que passa penso em que poderia ter tido outra profissão!
Mas depois de tanto ler http://www.profblog.org/2010/01/ganhos-e-perdas-no-texto-do-acordo-quem.html e reler
Não vejo grande luz ao fundo do túnel.

6 comentários:

Anabela Magalhães disse...

Pois nem eu!
:(

mfc disse...

Percebo a tua estupefacção!
Isto ainda não está nada claro.

blackhill disse...

o mundo não muda muito porque os filhos vêm iguais aos pais ... e os pais são o quew são ... não há renovação geracional ... somos demasiados filhos de um Deus maior que nos inibe de renovar e progredir... somos a favor de todas as "tradições" ... das praxes ....
não desanime porque é este o mundo onde aterrámos ... mas acredite que há outros mundos, mas esses temos nós que os ir procurar ..

Saltapocinhas disse...

Eu não li, nem vou ler.
O que tiver de ser, será.
SEi em que escalão estou, mas não faço ideia se vou ou não progredir ou não, nem quando, e nem estou muito preocupada com isso.

Com este acordo fiquei muito contente de ter acabado a divisão na nossa carreira que era uma verdadeira aberração.

Nuno Medon disse...

professor sofre! E há ainda quem pense, que os Professores têm uma boa vida... ( palavras de uma pessoa que não é Professor ). Em relação ao teu post anterios, que ainda não li.. essa do post-it faz lembrar o blog Dias Assim, que dá muito uso aos posts-its . beijos e uma boa semana!

Susana disse...

Confesso...que estou como tu!