segunda-feira, 9 de março de 2009

Sorte ou Ser Bom


Hoje em dia, nesta profissão mal amada, chegámos à triste conclusão que é melhor ter sorte do que ser bom profissional.
Sorte, porque já me dizia um professor há muitos anos atrás, com um profundo sarcasmo, mal eu abria a boca nas suas aulas: "mais vale cair em graça do que ser engraçada..." por isso, já vem de longe a minha sorte, ou falta dela.
Boa profissional, sempre tentei ser, mas cada vez mais concluindo que "isso agora não interessa nada" ... quem trabalha até mete nojo a quem não quer fazer nada, e trabalhar cansa muito e faz calos...
Vai daí, estamos a sentir que pertencemos a um grupo diferente: o dos ANORMAIS (somente aqueles que saem do normal)...

4 comentários:

Nuno Medon disse...

olá! Vejo nas suas palavras, uma desilusão com o sistema de ensino e os Políticos que só sabem complicar em vez de ajudar ( se bem que nunca ajudaram em nada ). Acredito que seja uma excelente Professora e que adore a Profissão! Força e quando chegarem as eleições vingue-se... Força! beijos

Ai meu Deus disse...

Bea,

este não é um comentário para publicar; como não tenho um email para contacto, aproveito o facto de os comentários estarem moderados para chamar a atenção para uma gralha no texto "grupo difrente" por "grupo diferente".

Bjs.

Bea disse...

Com um obrigado ao meu corrector ortográfico que não quer que eu publique aqui mas eu agradeço...foi uma gralha... não um erro...que eu destes ainda não dou, mas outros sim, LOL

Anabela Magalhães disse...

E não és a única a olhar o céu... e a vê-lo com cores cada vez mais carregadas!