sexta-feira, 15 de maio de 2009

De Novo as Palavras São as Armas

“Nos pasarán la cuenta y tu, tendrás que pagar
Y yo, tendré que pagar también,
Habrá que pagar.
Se enjuiciarán los actos verás,
Lo que hiciste y lo que no….


http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1380323
Com muita pena de não poder revê-lo, hoje à noite, na Casa da Musica no seu concerto.

5 comentários:

Anónimo disse...

Adoro o som, adoro a voz, adoro a intenção. Obrigado por me recordares as vezes que cantei as suas canções " poetas andaluces de ahora" e as outras. Thancks.

bugsnaEDucação disse...

Pois hoje apetece-me "copiar" tudo, da tarte ao bom-humor passando pelo música.
Grande fim-de-semana. Pena termos de descer aos infernos!

Ai meu Deus disse...

Nem eu o pude "ouvê-lo" -- aqui tão (relativamente) perto. Mas foi bom recordá-lo aqui.

nb/pergunta: Patxi está ligado a "poetas andalacues de ahora"?

A flor do cardo disse...

Os poetas andaluces de ahora não são do Patxi. São dos aguaviva.
Que são igualmente bons.

Bea disse...

Obrigada Flor do cardo, já tinha pesquisado sobre isso pq tb não tinha acerteza, mas na verdade são excelentes.